Dor de Barriga

Dor de Barriga

Dor de Barriga

Uma das dificuldades no diagnóstico da dor abdominal aguda é que muitas doenças podem apresentar-se de forma pouco habitual. Apenas 50 a 60% dos doentes revelam uma apresentação clássica da apendicite — uma dor peri-umbilical mal localizada seguida por náuseas e vómitos com uma migração subsequente da dor para a fossa ilíaca direita. Outros doentes podem apresentar uma dor no hipocôndrio direito. As apresentações pouco habituais da apendicite tendem a ocorre quando o apêndice se situa numa localização retrocecal, quando o doente tem uma idade extrema ou quando a doente se encontra grávida.

O aneurisma da aorta abdominal é por vezes acompanhado por uma síncope, uma dor no flanco ou urna dor testicular. Numa gravidez ectópica, não ignore os sintomas de síncope, de dor difusa ou não localizada (se tiver ocorrido ruptura) ou de hemorragia vaginal. É igualmente importante não deixar passar despercebidas as causas de dor abdominal que têm origem fora do abdómen, tais como uma pneumonia e a cetoacidose diabética.

É necessária cirurgia?

A dor abdominal aguda, intensa, em agravamento ou persistente sugere um problema que requer cirurgia. Algumas das causas potenciais de dor abdominal grave e de início súbito incluem a perfuração de uma úlcera ou de uma víscera abdominal, uma ruptura de aneurisma da aorta abdominal, uma torção do ovário ou do testículo, uma ruptura de gravidez ectópica e uma ruptura de quisto do ovário. A localização da dor é impor-tante para a elaboração do diagnóstico diferencial. A dor no hipocôndrio direito sugere uma doença da vesícula biliar ou urna hepatite, enquanto a dor na fossa ilíaca direita sugere uma apendicite aguda ou, nas mulheres, problemas ovários ou tubários. A intensidade da dor pode não ter qualquer relação com a gravidade da situação. Uma cólica renal pode causar urna dor incapacitante embora, na maior parte dos doentes, esta situação não seja grave e eles eliminem espontaneamente o cálculo.

Uma dor abdominal com urna duração muito prolongada sugere frequentemente, mas nem sempre, uma causa menos aguda para a dor e deve suscitar a suspeita de um cancro, de outras massas abdominais ou de um aneurisma da aorta abdominal. A febre pode indicar uma infecção ou inflamação associada e problemas graves relacionados (por exemplo, urna colangite ascendente) ou abcessos. A taquicardia pode significar simplesmente uma resposta fisiológica à dor ou pode indicar uma infecção ou uma sépsis associada ou outra doença sistémica grave secundária a uma hemorragia interna ou a desvios de líquidos. A presença de sangue intraperitoneal pode causar igualmente uma bradicárdia relativa. A leucocitose significa frequentemente um problema significativo, particularmente quando se encontra associada a um aumento da contagem de neutrófilos (“desvio esquerdo” da contagem diferencial), mas ocasionalmente uma contagem elevada constitui simplesmente uma resposta ao stress ou à dor secundária à desmarginalização dos leucócitos dentro do sistema vascular.

 

  • Julio Kolo

    eu to com isso agora

  • Luis Alves

    affffffffss

    • Jhennifer xaiane passos

      ai! minha barriga, eu sou a jhennifer e tenho 9 anos ai qui dor!

  • Milena

    ma seu acabei de amoçar e estou com o estomago doendo

  • Jjjnbffds

    voce já teve dor de estomago

  • Gabriel

    que dor caralho

  • Vasco Costa

    Eu por duas vezes sinti dores intensas na barriga. Da primeira vez a dor durou ‘a volta de 3 horas e da segunda vez, a dor durou 5 a 6 horas. Fiz exames ao sangue e urina e explicando ao medico os meus habitos dieteticos – alimentacao -,o medico chegou ‘a conclusao de que eu tinha uma pedra no figado. Eu durante um ano comi queijo em excesso – e algum vinho – e isto fez criar este problema. 

  • Larissa

    ia que do de barriga

  • juliana saloti

    como agente sabi que temos verme na barriga
    eu queria saber

  • juliana saloti

    socooooooooooooro que dor de bariga

  • Ivonete Santos

    por favor mim ajude

  • flavia ferreira

    a cabei de paçar porisso hoje faz 14 dias e tive q fazer uma cirurgia tirei o ovario direito e as trompas